Notícias

15ᵒ ADVBeer mergulhou na atmosfera SXSW

 

 

 

 

 

Entender um pouco do que acontece na cidade de Austin, no Texas, durante os dez dias em que mais de 300 mil pessoas movimentam o maior festival de economia criativa do mundo, o South By Southwest (SXSW), realizado em março. Esse foi o objetivo da primeira edição do ano do ADVBeer, o happy hour com conteúdo da ADVB/RS, na noite de 12 de abril. Mais de duzentas pessoas conheceram um pouco desse evento que une cultura, inovação e tecnologia, além de aproveitar os beer trucks, food trucks, estúdio de tatuagem e performance com drone, que o ADVBeer ofereceu para o público.

A conversa reuniu Melissa Lesnovski, Diretora de Inovação da Aldeia.biz, Diretora de Pesquisa da Abradi-RS e professora da Unisinos e Daniel Bittencourt, coordenador do curso de bacharelado em Comunicação Digital da Unisinos, mediados por Jonatas Abbott, VP de Marketing da ADVB/RS, que relataram suas experiências e impressões do festival.

Melissa apresentou alguns eixos de conteúdo do evento, mostrando que ele vai muito além das novidades em tecnologia e das surpreendentes ações de experiência de marca que ganham ampla visibilidade. Saúde, por exemplo, foi um tema muito explorado com a apresentação de soluções e debates sobre esse mercado. “Vocês já se deram conta que a indústria da saúde ganha dinheiro quando a gente está doente? O que acontece quando se tem um modelo de negócio que se beneficia da doença? Todo o “default” da nossa civilização é montado sobre um padrão não saudável. Isso apareceu ao longo de várias palestras sobre saúde e com players que não atuam apenas nessa área. Muitas biotechs, empresas que trabalham com tecnologia aplicada, estão estudando como podemos atuar no nosso DNA para trazer mais saúde”, contou Melissa. Outros temas trazidos por ela como foco de debate em Austin foram as bolhas de conhecimento criadas pelas redes sociais; o humano infalível; o olhar para outras gerações além dos milleniuns; a acessibilidade e design inclusivo e aplicações para crianças.

Daniel propôs um olhar crítico ao SXSW, com conceitos como deep learning, machine learning e inteligência artificial.  Ele apresentou ao público um trecho de uma música clássica, facilmente reconhecida como uma música do compositor Bach. “O problema é que ela não foi composta por Bach, ela foi composta por um algoritmo de deep learning, que cria a partir de uma aplicação de machine learning. E tenho certeza que se mostrar para alguém que conhece música clássica, a pessoa não vai identificar que é falso”, contou. Segundo ele, essa é um cenário que já estamos inseridos, que se aplica a diferentes áreas do conhecimento e nos traz um aprendizado exponencial. Assim como os carros autônomos.  Dados indicam os EUA terão 10 milhões de carros autônomos rodando em 2020. “O meu ponto aqui é o que são esses conceitos e o que tem por traz disso tudo? Seriam uma utopia?”, questionou.

Ao final das palestras, Jonatas Abbott, VP de Marketing da ADVB/RS, mediou o debate com os convidados e o público, levantando o ponto da interação de Austin com o SXSW. “Me impressionou muito a forma como a cidade se prepara para receber um evento desse porte e o envolvimento das pessoas, da prefeitura e das empresas. São dez dias em que todos vivem e respiram o festival”, finalizou.

Últimas Notícias:

Veja todas as notícias