Notícias

Palestra reflete sobre a inteligência artificial e a sua visão filosófica

A inteligência artificial foi o tema principal de Daniel Niero, que trabalha com cyber segurança na empresa It2s Group, durante este domingo no FT18. De forma bastante descontraída ele indagou importantes questionamentos quanto a tudo o que se sabe sobre inteligência artificial.

Niero mostrou qual é a ideia principal da sua empresa: criar um robô com inteligência artificial capaz de saber tudo sobre segurança de dados, softwares, etc. O objetivo era trazer uma visão mais filosófica e de humanidade sobre a inteligência artificial. Daniel questionou o público sobre diversos pontos. “O que é a vida? O que nós humanos achamos sobre os robôs? Seres humanos são uma espécie dominante e por isso muita egoísta, ele que decide se outras espécies devem ou não viver”, disse Daniel.

Ainda segundo Niero, os humanos enxergam os robôs como seres limitados, perigosos e controlados por seres humanos, portanto sem ‘’vida’’ alguma. Mas o palestrante tem um conceito diferente sobre vida: para ele tudo que se mexe e age tem vida, porque todos são feitos de átomos de energia, então, vida.

Niero citou grandes cientistas da área como referência para explicar a inteligência artificial e o que se faz e se pensa sobre ela hoje. Elon Musk, um dos principais desenvolvedores de inteligência artificial atualmente, quer explodir bombas atômicas em Marte para promover reações químicas e assim surgir água no planeta vermelho para ser possível uma colonização humana no futuro. Discordando dessa linha, o já falecido Steven Hawking diz: “A evolução da inteligência artificial pode causar o fim da raça humana”.

Finalizando sua fala, Daniel Niero salientou que com inteligência artificial é possível criar robôs capazes de tomar decisões executar tarefas de forma independente para atingir um objetivo. Esse é o futuro que ele espera que se tenha, com a inteligência artificial tendo muito a evoluir ainda.

Últimas Notícias:

Veja todas as notícias